tips,

Porque me mudei para Joinville

Leonardo Rifeli Leonardo Rifeli Follow May 02, 2016 · 2 mins read
Porque me mudei para Joinville
Share this

Saudação méro mortal, lembra o post maroto que escrevi há alguns meses? (caso não tenha efetuado uma sábia leitura, clique aqui). Então, nele eu me desculpei e argumentei que estou em uma viagem pela galáxia. Pois bem, este post é para conversarmos sobre essa incrível viagem.

Enquanto escrevo, vou ouvindo o set Vegas Deep do DJ Paulo Arruda.

Chega de bla, bla, bla e vem comigo.

Introdução

Irei descrever os pontos que me levaram a aceitar o convite e como tal decisão impactou em minha carreira como desenvolvedor.

A Origem

A viagem teve início na minha cidade natal, Araraquara (a morada do sol), interior de São Paulo. O convite veio de uma agência web, localizada em Joinville, interior de Santa Catarina, donde, me foi informado que essa viagem não seria fácil, que seria longa, com grandes turbulências e muitos, muitos DESAFIOS.

Sim, foi necessário muitos planejamentos (no caso, a longo prazo) para aceitar o convite e deixar minha cidade natal, famíliares, amigos, por tempo indeterminado.

A Decisão

A decisão foi tomada com base nas descrições da viagem (longa, grandes turbulências, muitos DESAFIOS etc).

Todos nós cheganos a um ponto de nossas carreiras, que precisamos tomar uma determinada decisão e tal irá modificar por completo nossas vidas profissionais, pessoais e até amorosas, pois bem, a decisão que tomei para aceitar a viagem, impactou em muitas mudanças positivas para várias áreas da minha vida.

A Viagem

Desde que iniciou-se, tem sido de grande valia para minha vida profissional, de onde tem agregado conhecimentos indispensáveis e uma curva de aprendizado muito ampla.

Atualmente a viagem possuí uma duração de aproximadamente quatro meses e já apliquei muitos conhecimentos adquiridos e aprimorei-os.

Pontos positivos

  • ampla curva de aprendizado;
  • novas amizades;
  • evolução pessoal;
  • adquirir novas experiências e novos conhecimentos;
  • aplicação e aprimoração de experiências e conhecimentos;
  • impacto da saída da zona de conforto;
  • entre muitos.

Repare, alguns pontos impactam diretamente em minha vida profissional.

Pontos negativos

  • longe de familiares e amigos;
  • diversidade cultural e o clima;
  • hábito com trânsito e pessoas.

Repare, os pontos não impactam diretamente em minha vida profissional.

Conclusão

Estou viajando há aproximadamente quatro meses e levando em consideração os meses já viajados, a curva de crescimento vem aumentando.

E então, qual foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?

Quer compartilhar algo parecido? Use os comentários abaixo.

Beijos na alma!

Join Newsletter
Get the latest news right in your inbox. We never spam!
Leonardo Rifeli
Written by Leonardo Rifeli Follow
Head of Engineering & Partner at @Reviewr and studying mathematics.